×

Jovem do Complexo de Favelas de Manguinhos conquista vaga na Escola do Teatro Bolshoi

Jovem do Complexo de Favelas de Manguinhos conquista vaga na Escola do Teatro Bolshoi

José Victor Santos, um jovem de 10 anos morador do Complexo de Favelas de Manguinhos, no Rio de Janeiro, conquistou uma vaga na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Essa é a primeira vez na história do Ballet Manguinhos, uma ONG social que oferece aulas de dança para crianças e adolescentes de baixa renda, que um aluno é aprovado na seletiva da renomada escola.

A trajetória de José Victor para essa conquista foi marcada pelo talento, a perseverança e o apoio da família. O jovem começou a dançar balé aos 9 anos, e rapidamente demonstrou um talento natural para a arte. Com o apoio dos pais, José Victor se dedicou aos estudos e às aulas de dança, e logo conquistou a aprovação para a seletiva da Escola do Teatro Bolshoi.

A conquista de José Victor é um exemplo de como o talento, a perseverança e o apoio de projetos sociais e ONGs podem abrir portas para um futuro promissor. A história do jovem bailarino inspira outras crianças e adolescentes de baixa renda que sonham com uma carreira na dança.

José Victor e sua família agora se preparam para se mudar para Joinville, em Santa Catarina, onde está localizada a sede da Escola do Teatro Bolshoi. O jovem bailarino precisará de apoio financeiro para custear os custos da mudança, incluindo passagens aéreas, frete de móveis e moradia.

A ONG Ballet Manguinhos está arrecadando doações para ajudar José Victor e sua família a realizarem esse sonho. As doações podem ser feitas pelo site [link da Vakinha] ou pelo Pix [número do Pix].

A vice-presidente do Ballet Manguinhos, Camila Soares, expressou o orgulho pelo sucesso de José Victor. “Em 11 anos de existência do Ballet Manguinhos, foi a primeira vez que dois alunos nossos chegaram a parte das audições diretamente na escola Bolshoi”, disse ela. “Tivemos alguns contratempos no percurso da viagem que poderiam nos fazer desistir, mas eu sabia que o sonho não era só nosso enquanto instituição, mas era o sonho de duas crianças que querem se tornar bailarinos profissionais da Cia do Bolshoi. Eles foram gigantes e muito focados passando assim na primeira fase da audição e indo para o segundo dia confiantes. Tenho certeza que essa oportunidade mudará completamente a vida do José e sua família. Estou bem feliz com os resultados”.

Publicar comentário