Daniel Drexler lança álbum de inéditas, “La voz de la diosa Entropía” e anuncia shows no Brasil

O nono álbum do artista uruguaio conta com participações de Kevin Johansen e Vitor Ramil

O artista uruguaio Daniel Drexler lança hoje, 23 de setembro, seu nono álbum de inéditas. Já disponível nas plataformas digitais, “La voz de la diosa Entropía” conta com oito canções e transita entre o Pop, Candombe, Reggae e arranjos orquestrados. O disco ainda conta com participações especiais de Kevin Johansen, na faixa-título, e Vitor Ramil em “Y de pronto”. Fascinado pelo conceito cientifico e filosófico de que o mundo tende a desordem, o cantor personifica a conhecida lei da física em uma figura feminina e sagrada, que inspirou o caráter existencial do projeto. “Entre todas as divindades que habitam o Olimpo da ciência, há uma que me perturba particularmente. É uma lei que a grande maioria dos cientistas e filósofos consideram a lei suprema, a única que não aceita discussão, a única que provavelmente é eternamente verdadeira. Ela seria a rainha deste Olimpo, a lei da Entropia”, explica o artista.

Ouça o álbum aqui.

Drexler abre o álbum com “El tiempo del Tiempo”, uma introdução leve para a jornada que o disco oferece. Como o título indica, o artista canta sobre o tempo das coisas, a mutabilidade da vida e cria o clima perfeito para a faixa que segue. “La voz de la diosa Entropía” é a segunda música do disco e carrega o título do projeto. Nesse momento, Daniel Drexler pede para o ouvinte relaxar, aceitar a desordem e ouvir a voz da “deusa Entropía”. Acompanhado do argentino Kevin Johansen, o cantor entrega a mensagem ao som de acordes que remetem ao Reggae. “El secreto de tu Abrazo” introduz um momento mais romântico e prepara o ouvinte para a ilustre “En esta Cama”, na qual Daniel Drexler canta acompanhado de um coro, violão, contrabaixo, violoncelo e violino. 

Sobre a inspiração para o álbum, o artista conta:

“O esforço para nos manter trabalhando é todo dia, toda hora, todo minuto, todo segundo, da mesma forma que é um esforço exaustivo manter a cozinha de nossas casas no mínimo de ordem. Todos sabemos o que acontece com a cozinha quando deixamos de fazer o esforço diário para mantê-la digna, se não fazemos, em poucos dias um cheiro intolerável toma conta rapidamente de toda a casa. Não estou dizendo que não é importante fazer o esforço diário para colocar nosso ambiente em ordem, para nos mantermos vivos, para sermos felizes. Mas parece-me importante não esquecer que, apesar da luta muito digna, bela e dolorosa que travamos contra a entropia, essa luta é uma luta que no final sempre, inexoravelmente, perderemos. Então, vamos fazer o esforço, mas não vamos cometer o erro de levar as coisas muito a sério também, porque lutar contra moinhos de vento pode nos levar a lugares que apenas conseguem arruinar a felicidade.”

“Faro de Santa Maria” e “Vida” acrescentam momentos meditativos ao álbum. A produção consegue equilibrar o encontro dos elementos de maneira agradável e sofisticada. Apoiando-se principalmente em instrumentos acústicos e coros, a estrutura das faixas introduz novas camadas de maneira suave conforme as canções seguem seus cursos. “Y de Pronto” é um dos destaques do álbum e conta com a participação do brasileiro Vitor Ramil, que recita um texto escrito por Caetano Veloso. “Dulce Aurora” encerra o disco e é uma colaboração de Drexler com sua filha mais nova, Carmela. A faixa é uma homenagem à mãe do artista e foi produzida por Matias Cella.

Em “La voz de la diosa Entropía”, Daniel Drexler reinventa o Olimpo dos deuses gregos e os substitui pelas grandes leis da física que regem o universo. Entre todas as leis que habitam esse olimpo, existe uma lei suprema, o Zeus de todas as leis. Esta é a lei da Entropia. Uma lei que tem tendência à desordem, a desintegração, ao caos, a ausência de vida. O que seria uma visão pessimista de nosso futuro, se transforma em uma força para não nos levarmos tão a sério.

Shows

Daniel Drexler apresenta o seu novo disco e turnê “La voz de la Diosa Entropía”. Além das novas músicas e das já conhecidas pelo público, o artista uruguaio apresenta ao público uma nova experiência sonora e visual que une a música com o teatro. A primeira etapa (2022) da turnê será apresentada no Uruguai, Brasil e Argentina em 2022 e México e Espanha em 2023.

Datas

Florianópolis – SC

18 de outubro, 21h, Teatro CIC
Ingressos em https://site.blueticket.com.br/evento/30871 

São Paulo – SP

20 de outubro, 21h, Casa Natura
Show com a participação especial de Tó Brandileone, Paulo Novaes e Pedro Altério

Ingressos em https://bileto.sympla.com.br/event/76855/d/159577?_gl=1*gzir5k*_ga*MTY4NDQ2OTE5OC4xNjYyNjQwMDAy*_ga_KXH10SQTZF*MTY2MzI2OTY5OC4zLjEuMTY2MzI2OTcyNC4wLjAuMA 


Porto Alegre – RS

28 de outubro, 21h, Theatro São Pedro
Ingressos em  https://theatrosaopedro.eleventickets.com/#!/apresentacao/e6cdd6c3782c5a601612974f5d450bd4e14760af 

Ficha técnica
Todas as músicas foram compostas por Daniel Drexler, com exceção das faixas:
– 2, 6 e 7 por Daniel Drexler e Fede Wolf
– 8 por Daniel Drexler e Carmela Drexler.

Kevin Johansen aparece em 2 por cortesía de “Sony Music”.
Vitor Ramil aparece em 7 por cortesía de “Ramil e Uma Produções”, recitando um texto de Caetano Veloso por cortesía de “Uns Produções e Warner Chappell”. 

Tracklist
1. El tiempo del Tiempo
2. La voz de la diosa Entropía (feat. Kevin Johansen)
3. El secreto de tu Abrazo
4. En esta Cama
5. Faro de Santa Maria
6. Vida
7. Y de pronto (feat. Vitor Ramil)
8. Dulce Aurora

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.