×

Ex-pastora Ana Akiva critica fiéis que acessam seu conteúdo sensual e os chama de hipócritas

Ex-pastora Ana Akiva critica fiéis que acessam seu conteúdo sensual e os chama de hipócritas

Influenciadora, antes líder religiosa, desabafa sobre comportamento contraditório de alguns seguidores

Ana Akiva, ex-pastora que agora se dedica à produção de fotos e vídeos sensuais, expressou sua revolta em relação a alguns fiéis que acessam seu conteúdo adulto. Em uma postagem nas redes sociais, Ana revelou que não deseja que os líderes religiosos que frequentavam sua igreja assinem seu perfil em plataformas como a Privacy e o OnlyFans, chamando-os de “hipócritas”.

“Esses são falsos moralistas. Eles condenam a pornografia e a nudez em público, pregam sermões moralizantes na igreja, mas secretamente me observam sem roupas”, disse ela. “E mais: a maioria deles tem fetiches em me confessar. Eles compartilham seus desejos mais obscuros e buscam penitências picantes. É estranho, bizarro, mas é a realidade. Há até mulheres envolvidas.”

“Aqueles que são hipócritas não são bem-vindos”, alertou a influenciadora. “São líderes religiosos que pregam fidelidade, mas traem suas esposas com amantes e prostitutas. Eles se apresentam como pais exemplares, mas têm filhos fora do casamento. Eles pregam contra a nudez e a pornografia, mas gastam seu dinheiro comigo. Eu não quero mais isso.”

“Eu não quero dinheiro sujo de pessoas vazias, mentirosas e pecadoras. Pare de ver minhas fotos sensuais”, acrescentou ela, afirmando que dará um prazo para que essas pessoas cancelem sua assinatura.

No passado, Ana já havia revelado que vários fiéis assinavam seu conteúdo, chegando até mesmo a se “confessarem” com ela.

“Alguns deles faziam questão de dizer que frequentavam a igreja porque sentiam atração por mim, porque queriam me ver. Alguns até enviaram fotos íntimas tiradas nos banheiros da igreja. Fiquei chocada! Muitos disseram que deixaram a igreja depois que eu parei de pregar. Outros compartilharam suas fantasias eróticas que tinham comigo naquela época, coisas inacreditáveis”, comentou ela.

Ana Akiva, que anteriormente exercia um papel de liderança religiosa, agora busca se distanciar dos fiéis que não conseguem conciliar sua imagem como influenciadora sensual com sua antiga posição na igreja. Sua decisão de expor a contradição desses seguidores visa estabelecer limites e se afastar de pessoas que não compartilham dos mesmos valores.

Publicar comentário