×

Olly Alexander lança “Dizzy”, seu novo single solo que está concorrendo no Eurovision

Olly Alexander lança “Dizzy”, seu novo single solo que está concorrendo no Eurovision

O cantor e compositor britânico Olly Alexander lançou hoje (1º de março) o novo single “Dizzy”, já disponível na Polydor Records. A faixa também marca a participação oficial do Reino Unido no lendário Eurovision Song Contest, que será realizado em Malmö, na Suécia, em 11 de maio.

Escrita por Olly e pelo produtor eletrônico seminal Danny L Harle, “Dizzy” é aquela emoção inebriante que você sente quando está com alguém novo; suas emoções intensas e seu senso de drama pop são tão naturais na pista de dança quanto no palco mundial do Eurovision. O vídeo de “Dizzy” explode o sentimento de luxúria e desejo da faixa em uma performance de Olly de virar a cabeça, com cenários caleidoscópicos que fazem confundir a linha entre fantasia e realidade. Em uma expressão comemorativa, universal, mas altamente individual do desejo queer, o primeiro single solo de Olly Alexander é uma declaração artística emocionante de uma das estrelas pop modernas mais pioneiras do Reino Unido.

Lançando “Dizzy” hoje, Olly comenta: “Escrevi a canção no verão passado com Danny L Harle, começamos com a palavra ‘Dizzy’ (tonto, em português) porque ela surgiu na minha cabeça e eu gostei. Eu estava pensando em coisas divertidas que poderiam deixá-lo tonto e me lembro de dizer ‘tonto por causa dos seus beijos’, então criamos a música em torno disso. Danny e eu acreditamos que uma canção deve transportá-lo para algum lugar mágico e queríamos descrever esse lugar mágico; um lugar com belos jardins, flores eternas e o tempo girando sem parar em um loop extasiante. Pegamos o sentimento de tontura e o colocamos na produção, de modo que há muitos arpejos ondulantes, harmonias suaves e contra-ritmos nos vocais de apoio. A música é sobre sentir uma emoção tão intensa por alguém que vira seu mundo de cabeça para baixo e de dentro para fora. Fomos inspirados por muitas músicas que amamos dos anos 80, como Stock Aitken and Waterman, Erasure, Adamski e, claro, Pet Shop Boys”.

Levantando a bandeira como só Olly Alexander poderia fazer, “Dizzy” marca uma nova era dinâmica na carreira do artista. Em três álbuns de enorme sucesso, o cantor, ator e ícone da moda emplacou dois álbuns #1 no Reino Unido, 10 singles no Top 40 do Reino Unido e foi recentemente premiado com o BRIT Billion Award (com 6,5 bilhões de streams em todo o mundo). Evoluindo do grupo Years & Years para a carreira solo e começando com “Dizzy/’ um novo capítulo criativo, Olly se tornou uma voz única em sua geração: o programa de Russell T Davies, “It’s A Sin”, ganhou o prêmio de Melhor Novo Drama no National Television Awards, e Olly também foi indicado para Ator Principal no BAFTA Television Awards de 2022. Depois de ser atração principal em arenas e festivais em todo o mundo — além de colaborar com nomes como Sir Elton John, Kylie Minogue e Pet Shop Boys —, o status de ícone de Olly Alexander recentemente o fez ser imortalizado no Museu de Madame Tussaud, em Londres: um lar apropriado para um popstar que ajudou a mudar a cultura britânica para sempre e agora representa o Reino Unido no palco de seus sonhos de infância.

Ligue na BBC One e no iPlayer hoje à noite, às 19h40 (horário de Brasília), para assistir a um especial único, “Graham Meets Olly”. No programa, o comentarista do Eurovision Graham Norton conversará com Olly sobre a competição na Suécia, e o vídeo de “Dizzy” terá sua estreia na TV.

Publicar comentário