×

Espetáculo “Cansei de Ser Partner”: Uma Reflexão Cômica sobre as Relações de Gênero

Espetáculo “Cansei de Ser Partner”: Uma Reflexão Cômica sobre as Relações de Gênero

Explorando a invisibilidade do trabalho feminino e questionando o papel de “partner”

No início de fevereiro de 2024, o Bando Golíardis apresentará a temporada de estreia do espetáculo “Cansei de Ser Partner”. Uma obra que, através da comicidade, instiga reflexões profundas sobre as relações de gênero e a histórica colocação das mulheres como coadjuvantes, dedicadas aos bastidores da existência.

A Performance e suas Reflexões

O espetáculo, agendado para os dias 02, 03 e 04 de fevereiro no Teatro Cacilda Becker, mergulha no universo feminino, abordando o trabalho invisível imposto às mulheres na sociedade. Ao se dedicarem aos bastidores da vida, elas assumem a responsabilidade por tudo que envolve o homem.

Agenda da Temporada de Estreia

A apresentação gratuita acontecerá às 21h nas sextas-feiras e sábados, e às 19h nos domingos. Além disso, o Bando Golíardis levará a peça para outros locais, como o Teatro Flávio Império, a Oficina Cultural Oswald de Andrade, e o Centro Cultural da Diversidade, proporcionando ao público diversas oportunidades de apreciar essa reflexão única.

A Metáfora de “Partner”

Ao utilizar a metáfora de “partner”, termo inglês para parceira ou parceiro, comumente associado ao circo e à televisão, o grupo questiona a imposição dessa função às mulheres ao longo da vida. A analogia destaca como muitas mulheres são forçadas a abandonar suas aspirações para cuidar dos detalhes da vida do homem, desde comida e roupas até o próprio homem.

O Desvelar da Realidade Invisível

“Cansei de Ser Partner” joga luz sobre a realidade de mulheres que, de maneira invisível à sociedade, trabalham nos bastidores da vida. Elas preparam tudo nos bastidores, mas, ao final, não recebem os merecidos aplausos. O espetáculo destaca como os homens se tornam herdeiros de Adam, ocupando lugares moldados por eles mesmos, buscando benefícios.

A Necessidade de Reflexão

O grupo enfatiza que parcerias são necessárias, mas questiona por que essa função de “partner” é sempre destinada apenas às mulheres. Elas não apenas cuidam, mas também enfrentam expectativas de beleza e graciosidade, muitas vezes desconsiderando os traços naturais do envelhecimento.

Apoio ao Projeto

Todas essas ações fazem parte do projeto “Cansei de Ser Partner”, contemplado pela 7ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Circo para a cidade de São Paulo. Informações adicionais podem ser encontradas nas redes sociais do Bando Golíardis (@bandogoliardis) e em seu site oficial www.bandogoliardis.com.

Ficha Técnica e Detalhes Práticos

A concepção e dramaturgia ficam a cargo do Bando Golíardis, com elenco composto por Dani Marin, Sabrina Motta e Tiago Cintra. A direção e preparação corporal são de responsabilidade de Marcelo Rôya, enquanto a preparação vocal e musical é conduzida por Tiago Cintra. A temporada promete momentos de reflexão, crítica e comicidade em torno das complexidades da desigualdade de gênero.

Teaser do Espetáculo:

Serviço: Estreia do Espetáculo “Cansei de Ser Partner”

  • Sinopse: Uma imersão na complexidade da desigualdade de gênero, revelando criticamente o reproduzir da vida. ‘Partner’ representa a mulher silenciosa, construtora de cenários, confinada às margens do picadeiro. Uma reflexão sobre as relações de gênero, onde as mulheres dedicam suas vidas nos bastidores da existência, enquanto os herdeiros de Adam se erguem no sistema que forjaram.
  • Duração: 60 minutos
  • Classificação etária: Acima de 12 anos

Agenda:

  1. Quando: 02 a 04 de fevereiro de 2024
    • Horário: Sexta-feira e sábado às 21h, domingo às 19h
    • Onde: Teatro Cacilda Becker – R. Tito, 295 – Lapa, São Paulo
  2. Quando: 15 a 17 de fevereiro de 2024
    • Horário: Quinta, sexta-feira e sábado às 20h
    • Onde: Teatro Flávio Império – R. Prof. Alves Pedroso, 600 – Cangaiba, São Paulo
  3. Quando: 20 a 22 de fevereiro de 2024
    • Horário: Terça, quarta e quinta-feira às 19h30
    • Onde: Oficina Cultural Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo
  4. Quando: 23 a 25 de fevereiro de 2024
    • Horário: Sexta-feira e sábado às 20h, domingo às 18h
    • Onde: Centro Cultural da Diversidade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo

Publicar comentário