×

Mostra “Poéticas do Agora”: Revelando a Vanguarda Artística Carioca

Mostra “Poéticas do Agora”: Revelando a Vanguarda Artística Carioca

Descubra as Obras de 19 Artistas em um Evento Único no Centro Cultural Justiça Federal

No próximo dia 27 de janeiro, às 15h, o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) na Cinelândia será palco da abertura da Mostra “Poéticas do Agora”. Este evento marcante surge da colaboração inédita entre o CCJF, o Consulado Geral da França e o Goethe-Institut Rio de Janeiro, unindo-se na cooperação cultural franco-alemã #JuntesnaCultura.

Residência Casa Europa: Uma Oportunidade Única para Artistas Visuais Cariocas

O destaque do evento é o resultado do Edital de Residência Casa Europa, que concedeu bolsas de residência a três artistas visuais excepcionais: Guilhermina Augusti, Loren Minzú e Tainan Cabral. Ao longo dos últimos meses de 2023, esses talentosos artistas desenvolveram projetos inéditos nos ateliês instalados na Casa Europa, um prédio emblemático que abriga o Consulado da França, o Consulado da Alemanha e outras instituições no Centro.

Diversidade de Visões: 19 Artistas, 19 Perspectivas

A Mostra “Poéticas do Agora” reúne um total de 19 artistas atuantes no estado do Rio de Janeiro, cada um explorando diferentes facetas do universo da arte. Desde o artista visual indígena Frank Baniwa até a carnavalesca francesa Marie Hego, a exposição abrange uma riqueza de expressões.

Um Panorama da Arte Contemporânea Carioca

A exposição não busca abarcar todas as manifestações artísticas contemporâneas da região, mas sim oferecer um recorte atual da nova produção visual. Este recorte abraça aspectos emergentes da produção de arte, desde questões intrínsecas às favelas até reflexões sobre gênero e explorações formais relativas ao universo da arte.

Experimentação e Imersão Artística

A Mostra configura-se como um conjunto experimental, apresentando imersões artísticas ousadas e contemporâneas. Com diferentes linguagens, da pintura à vídeo-arte e instalação, os visitantes terão um panorama do pensamento estético contemporâneo, além de mergulhar nas questões sociais, políticas e culturais do Brasil atual, especialmente do estado do Rio de Janeiro.

Obras em Destaque

Entre as obras notáveis, destaca-se “Plantas do Baile” de Tainan Cabral, uma série envolvente que utiliza bicos de lança-perfume para criar ambientes únicos. “Cenas de Corpo e Segredo” de Loren Minzú, uma série de videoarte, explora as negociações entre linguagem, identidades e mistério. Guilhermina Augusti apresenta “Osram Ne Nsoromma”, desestruturando historicamente o arsenal da violência por meio da signografia Adinkra.

Uma Experiência Única até 31 de Março

A Mostra permanecerá aberta para visitação até 31 de março, das 11h às 19h, no CCJF. A entrada é gratuita, proporcionando a todos a chance de mergulhar na riqueza da arte contemporânea carioca.

Apoie a Arte Local

Ao visitar a exposição, você não apenas aprecia a arte incrível dos artistas locais, mas também contribui para a promoção da cultura e expressão artística na comunidade. Sua presença faz a diferença.

Informações Práticas

  • Abertura: sábado, 27 de janeiro, das 15h às 19h
  • Exposição: de 28 de janeiro a 31 de março de 2024, de terça a domingo, das 11h às 19h
  • Local: Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) – Avenida Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro
  • Entrada: Gratuita, sem agendamento

Artistas em Destaque

  • Bolsa de Residência: Guilhermina Augusti, Loren Minzú e Tainan Cabral
  • Participantes da Exposição: Alberto Pereira, Anderson Felipe, Bianca Madruga, Bruno Lyfe, Bruno Magliari, Frank Baniwa, Jonas Esteves, Jônatas Moreira, Luanda, Marie Hego, Rafael Amorim, Regina Pessoa, Sara Mosli, Saulo Martins, Taf, Vinícius Carvas.

Curadores

  • Bolsa de Residência: Evandro Salles, Cesar Oiticica Filho e Sinara Rubia.
  • Exposição: Evandro Salles

Realização

  • Centro Cultural Justiça Federal (CCJF)
  • Goethe-Institut Rio de Janeiro
  • Serviço de Cooperação e Ação Cultural do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro.

Publicar comentário