×

<strong>Escultura inflável gigante permite viagem ao centro da mama no Largo da Batata em São Paulo</strong><br> 

Escultura inflável gigante permite viagem ao centro da mama no Largo da Batata em São Paulo
 

Mostra educativa e gratuita, Por Dentro da Mama aproxima o público da fisiologia, dá visibilidade à experiência de mulheres que vivem com câncer metastático e alerta para a importância dos exames preventivos e diagnóstico precoce.
 

Viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura como parte integrante das ações do Coletivo Pink, uma iniciativa da Pfizer, em parceria com associações de pacientes, a exposição fica aberta ao público de 03 a 28 de outubro.

Foto: Divulgação, imagem 3D.

Durante todo o mês de outubro vai ser impossível passar pelo Largo da Batata, no bairro de Pinheiros em São Paulo, e não notar uma gigantesca escultura inflável. Nada menos que 20 metros de comprimento por cinco de altura e 16 de largura compõem as medidas do busto feminino instalado por lá. Trata-se da exposição Por Dentro da Mama, idealizada pelo produtor cultural Igor Cayres, que promove uma verdadeira viagem tridimensional ao interior do seio, em contribuição às ações do Outubro Rosa de 2022.
 

Aberta gratuitamente ao público de 03 a 28 de outubro, a exposição une o conhecimento da medicina à poesia da artes para promover um alerta à sociedade sobre a importância da realização da mamografia e também dar visibilidade à experiência de mulheres que vivem e convivem com o câncer de mama em estágio metastático.
 

O câncer de mama é o mais numeroso em casos e mortes de mulheres no Brasil depois do de pele não melanoma, de acordo com o Ministério da Saúde, mas o número de mamografias de rastreamento está longe do ideal. A exposição é idealizada pelo produtor cultural Igor Cayres em homenagem à mãe, Beth Cayres, famosa produtora cultural que faleceu em 2019, apenas quatro meses após receber o diagnóstico. “Minha mãe continuou trabalhando e demonstrando sua força até o fim. Essa é a inspiração para mim e um compromisso que assumi com a causa – usar a cultura como ferramenta para sensibilizar a sociedade sobre a importância dos exames preventivos”, explica Igor Cayres.
 

Por Dentro do Domus
 

Com informações e consultoria do médico mastologista Fernando Vivian, professor do curso de Medicina da UCS, a visita inicia por uma sala onde se tem uma visão anatômica da parte interna da mama: lóbulos, adipócitos e gânglios, materializados na forma de estruturas de árvore.
 

Uma mesa de luz informativa permite ao visitante compreender a evolução, lesões e as soluções terapêuticas oferecidas pela medicina, além de outros conteúdos educacionais acessíveis para compreensão de como a doença se desenvolve.
 

Na segunda sala, um vídeo detalha o tumor por meio de um raio-X e populariza informações médicas relacionadas a patologias e tratamentos. As paredes da sala revelam imagens de uma mamografia, enquanto no topo da cúpula, uma projeção mostra o desenvolvimento, o tratamento e a recuperação de uma paciente com a doença.
 

Duas exposições, na entrada e na saída, contam ainda das três edições anteriores do projeto “Artemisa: Por um outubro além do rosa”, realizado desde 2019, onde mulheres com câncer de mama foram protagonistas de ensaios fotográfico, estrelas de obras de arte, inspiração para esculturas que viajaram por todo o país e homenageadas por suas jornadas e vitórias.
 

O domus tem ainda um terceiro ambiente onde serão realizadas atividades, oficinas e palestras sobre o tema.

O projeto “Por Dentro da Mama” é realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura como parte integrante das ações do Coletivo Pink, uma iniciativa da Pfizer, em parceria com associações de pacientes, que há quatro anos une arte e saúde em campanha que informa e emociona.

Publicar comentário