×

<strong>LIVRO DE YEDA PESSOA DE CASTRO É LANÇADO NA ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS</strong>

LIVRO DE YEDA PESSOA DE CASTRO É LANÇADO NA ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS

EVENTO ACONTECE NO DIA 3/09 A PARTIR DAS 10H30 COM PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO

A professora Yeda Antonita Pessoa de Castro lança seu livro “Camões com Dendê – O Português do Brasil e os Falares Afro-Brasileiros” no dia 3 de setembro, às 10h30, na Academia Mineira de Letras. O público poderá conferir, com entrada gratuita, o estudo etnolinguístico sobre a participação de línguas africanas no português brasileiro. Na ocasião, a autora também apresenta uma palestra sobre o tema. 

O evento acontece no âmbito do Plano Anual de Manutenção AML (PRONAC 203709), realizado mediante a Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Instituto Unimed-BH – por meio do incentivo fiscal de mais de cinco mil e duzentos médicos cooperados e colaboradores – e da CEMIG. Copatrocínio da Tambasa.

O ensaio publicado por Yeda Antonita Pessoa de Castro equivale a um “abecedário” enriquecido de termos originários, com uma relativa minoria de tantos outros por eles adequados que transitam, em maior ou menor número de ocorrências, nas diversas áreas do multiuniverso cultural da nossa língua luso-brasileira. 

Sua leitura pode causar surpresa ao leitor pelo fato de apresentar diversas palavras listadas como africanas de que se vale o falar diário para descrever atividades corriqueiras de vária ordem; além de revelar ao povo-de-terreiro a informação procurada sobre a origem e o significado de termos sagrados; corrigir etimologias equivocadas e adicionar outras novas e prover ao pesquisador meios de alargar e aprofundar seu âmbito de investigação com a revelação de dados ainda encobertos por razões históricas ou epistemológicas.

O livro também revela dados obtidos no estudo do vocabulário previamente selecionado em áreas semânticas, a exemplo do que diz respeito à sexualidade, exposta no corpo da mulher negra como objeto de uso ao longo dos tempos, a sua revolta contida nos impropérios e a sua resiliência esteada numa religiosidade ancestral.

Sobre a autora

Etnolinguista, Doutora em Línguas Africanas, Consultora Técnica em Línguas Africanas do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo e Membro da Academia de Letras da Bahia. Autora de Falares Africanos na Bahia: um vocabulário afro-brasileiro e A língua mina-jeje no Brasil: um falar africano em Ouro Preto do séc. XVIII. Condecorada no grau de Comendadora da Ordem Rio Branco pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil e com a Comenda Maria Quitéria pela Câmara de Vereadores da Cidade do Salvador E coroada Rainha da Guarda 13 de Maio dos Congos e Moçambiques de Minas Gerais.

SERVIÇO:

Academia Mineira de Letras

Lançamento do livro “Camões com Dendê – O Português do Brasil e os Falares Afro-Brasileiros”, da Professora Yeda Antonita Pessoa De Castro

Data: 3 de setembro, às 10h30

Local: AML – R. da Bahia, 1466 – Centro

Entrada gratuita

Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais e ambientais visando à formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, fomentar a economia criativa, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$155 milhões por meio das Leis municipal e federal de Incentivo à Cultura, fundos do Idoso e da Infância e Adolescência, com o apoio de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. No último ano, mais de 6,5 mil postos de trabalho foram gerados e 4,8 milhões de pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Acesse www.institutounimedbh.com.br  e saiba mais.

Cemig

De onde vem a nossa força?

 A Cemig, maior patrocinadora cultural de Minas Gerais, acredita na importância e na valorização da arte e da cultura para o desenvolvimento humano, econômico e social de uma população como possibilidade do alcance de um futuro melhor para as novas gerações.

 A preocupação da empresa em promover a socialização e a democratização do acesso aos bens culturais do estado se baseia principalmente no compromisso da Cemig com a transformação social e inclusão, uma oportunidade de dialogar e trazer melhorias para a comunidade.

 Nossa força também vem da cultura. Saiba mais em www.cemig.com.br

Publicar comentário