×

Dia do Quadrinho Nacional: 3 Obras Diferentes para Você Conhecer (ou Reler)

Dia do Quadrinho Nacional: 3 Obras Diferentes para Você Conhecer (ou Reler)

No dia 30 deste mês, celebramos o Dia do Quadrinho Nacional, uma data especial para reconhecer e apreciar o rico universo das histórias em quadrinhos no Brasil, que já se estende por mais de um século. Desde enredos infantis até narrativas que debatem grandes dilemas da humanidade, o gênero literário dos quadrinhos tem cativado públicos de todas as idades.

A Guerra dos Gibis – A Formação do Mercado Editorial Brasileiro e a Censura aos Quadrinhos, 1933 a 1964

Gonçalo Júnior

Uma das obras mais marcantes das HQs no Brasil é “A Guerra dos Gibis”. Lançada originalmente em 2004 e recentemente revista e ampliada, a narrativa destaca a chegada dos quadrinhos ao Brasil nos anos 1930, pelas mãos do jornalista Adolfo Aizen.

Como sugere o título, a obra retrata a movimentação dos quadrinhos na sociedade brasileira da época. De um lado, a euforia de crianças e jovens com a novidade; do outro, as obras se tornaram alvo de críticas e elogios de figuras proeminentes como Getúlio Vargas, Jânio Quadros, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, entre outros. A Guerra dos Gibis representa uma pesquisa de mais de dez anos, com fotos das capas originais e uma análise da legislação de censura da época. Não por acaso, foi escolhida como o melhor livro teórico sobre quadrinhos no Troféu HQMix de 2005.

A Noite dos Palhaços Mudos

Laerte Coutinho

Publicada originalmente na revista Circo, “A Noite dos Palhaços Mudos” é uma obra icônica de Laerte Coutinho. Recheada de humor com um forte subtexto político, a HQ ganhou uma nova edição em abril do ano passado.

A trama aborda a ameaça enfrentada pelos palhaços, considerados perturbadores do status quo. Conservadores e preservadores do sistema tentam eliminá-los, desencadeando uma operação de resgate hilariante quando conseguem capturar um dos palhaços.

Além de ser um sucesso de público e crítica há décadas, a obra também faz referências marcantes à repressão aos artistas durante a ditadura no Brasil. Uma dica valiosa é explorar o projeto “HQ pra todos” da editora, que disponibiliza grandes obras a preços acessíveis, variando de R$ 9,90 a R$ 14,90, promovendo a leitura e conectando mais leitores ao universo das HQs.

Bear – As Aventuras de Dimas & Raven: Na Cidade das Charadas

Bianca Pinheiro

Para aquecer o coração, sugerimos “Bear – As Aventuras de Dimas & Raven: Na Cidade das Charadas” de Bianca Pinheiro. A história segue a jornada da pequena Raven em busca de seus pais numa floresta, onde encontra o ranzinza urso Dimas, desejando apenas paz e sossego.

A primeira parte da obra, situada na Cidade das Charadas, explora os perigos da floresta, oferecendo lições inspiradoras sobre amizade e convivência. Importante mencionar que a HQ está dividida em três partes, todas gratuitas no Kindle, e o livro físico compila todas elas por R$ 69,90.

A autora, em parceria com Greg Stella, responsável pela edição do texto e coloração da HQ, refez a obra do zero, trazendo novo formato, desenhos, história aprimorada, e novos personagens. Uma jornada encantadora que aquece o coração de leitores de todas as idades.

Sobre a Conrad Editora

A Conrad Editora, parte do Grupo IBEP, tem como missão proporcionar à sociedade brasileira a diversidade de ideias, discussões de novas tendências e a pluralidade cultural. Fundada inovadoramente em 1993, a editora foi pioneira ao abrir espaço para quadrinhos nas livrarias.

Adquirida pelo Grupo IBEP em 2009, a Conrad passou por reformulações, retornando em 2020 com um novo impulso, resgatando o conceito de inovação do passado. A última novidade é o lançamento de um grande projeto digital, oferecendo HQs de autores nacionais e internacionais em ebooks completos ou capítulos digitais periodicamente.

Publicar comentário