Queer Livros abre livraria física em São Paulo com foco em diversidade

Queer Livros abre livraria física em São Paulo com foco em diversidade

Editora, que já atuava no mercado editorial, agora conta com espaço físico para atender o público LGBT+

A Queer Livros, editora de livros sobre questões de gênero e sexualidade, inaugurou uma livraria física em São Paulo. Localizada na Rua Joaquim Távora, 731, na Vila Mariana, a livraria conta com um acervo de diversos livros que tratam da diversidade humana, incluindo obras de autores LGBT+, livros sobre gênero, sexualidade, direitos humanos e cultura.

A ideia de abrir uma livraria física surgiu a partir da experiência do editor Gilmaro Nogueira, que já visitou diversas livrarias da cidade e percebeu que muitas delas não atendem às demandas do público LGBT+. “Produzo livros sobre gênero e sexualidade e visitei algumas livrarias da cidade para apresentar a primeira coleção de livros escrita por mulheres trans e para minha surpresa, algumas livrarias não apenas demonstram desinteresse na temática e na produção de pessoas trans, sendo que uma gerente me disse ‘não trabalhamos com essa temática'”, conta Nogueira.

A Queer Livros não só está aberta ao público, como também pode ser atendida pelo telefone 11-989848802, e-mail ou website. A ideia é cadastrar também novos autores que desejam colocar seus livros em consignado e também promover eventos de cultura, tarde de autógrafos, saraus e lançamentos de livros e projetos.

O primeiro evento da livraria será uma tarde de autógrafos com o jornalista, psicanalista junguiano e autor premiado de livros LGBTs Fabrício Viana. A sessão acontecerá no sábado, 9 de dezembro, às 15h.

“Existe um mercado que tem publicado cada vez mais publicações LGBTQIAPN+, mas ainda é pouco o acolhimento do mercado editorial, a pessoas trans e mulheres lésbicas, por exemplo”, afirma Nogueira. “A ideia é criar um espaço para vender não apenas os livros editados por nós, mas também por outras editoras que publicam pessoas LGBTQIAPN+. Não apenas um espaço para livros, mas para troca de ideias e experiências com autores.”

marramaqueadmin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *