Orquestra Ouro Preto Estreia Homenagem a Luiz Gonzaga com Concerto Único em Belo Horizonte

Orquestra Ouro Preto Estreia Homenagem a Luiz Gonzaga com Concerto Único em Belo Horizonte

No próximo dia 10 de setembro, a cidade de Belo Horizonte será palco de um evento musical memorável. A  Orquestra Ouro Preto realizará uma única apresentação às 11h, no Sesc Palladium, para homenagear Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Com maestria e versatilidade, a orquestra promete uma experiência única que funde o erudito e o popular no espetáculo intitulado “Gonzagão: Concerto para Cordas e Trio Pé de Serra.”

Uma Homenagem à Riqueza Cultural do Nordeste

A Orquestra Ouro Preto, conhecida por suas colaborações inovadoras, traz à tona mais uma obra de arte musical. Dessa vez, o foco recai sobre Luiz Gonzaga, uma das figuras mais emblemáticas da cultura nordestina. Com instrumentos como a sanfona, o triângulo e a zabumba, as cordas da orquestra se entrelaçam em um tributo que captura a diversidade cultural do Nordeste brasileiro.

O maestro Rodrigo Toffolo, regente titular e diretor artístico da Orquestra Ouro Preto, destaca a multiplicidade do Nordeste: “Não existe um ‘único’ Nordeste, mas vários. O Nordeste é múltiplo, uma região que abrange uma diversidade cultural única no nosso país. Basta se deslocar 60 quilômetros para qualquer lado que tudo muda, desde o sotaque, passando pelos ritmos, a riqueza das paisagens, a cultura local, tudo se transforma de um lugar para o outro. Somos abençoados por poder beber nesta fonte inesgotável.”

O Legado Inestimável de Luiz Gonzaga

Luiz Gonzaga, nascido em Exu, Pernambuco, em 1912, deixou um legado musical que transcende gerações. Com 44 discos de vinil, mais de 50 compactos e inúmeras gravações, suas mais de 480 composições continuam a ecoar na memória coletiva brasileira. Entre os clássicos que serão interpretados no concerto estão “Asa Branca,” “O Xote das Meninas,” “Qui Nem Jiló,” “Vida de Viajante,” “Assum Preto” e muitos outros.

O maestro Toffolo antecipa a abordagem única do repertório: “O repertório contempla os clássicos de ‘Seu Luiz’ dentro de uma roupagem, até agora, única. Encontro de timbres e musicalidade que certamente será um marco na nossa trajetória.”

Música e Memória de Infância: A Criação dos Novos Arranjos

Para trazer à vida essa homenagem, a Orquestra Ouro Preto contou com o talentoso arranjador Mateus Freire. Este, inspirado por memórias de infância, propôs um diálogo harmonioso entre as cordas da orquestra e a icônica sanfona de Gonzagão. Freire, cujos pais acompanharam de perto a carreira do Rei do Baião nos anos 70, traz uma conexão pessoal e emocional ao projeto.

“Nesse trabalho teremos uma formação enxuta a princípio, somente cordas e trio pé de serra. O desafio será exatamente fazer com que o público sinta a mesma sensação com as cordas e o trio pé de serra sem a presença da voz, além de um equilíbrio entre o trio e a Orquestra de forma a se complementarem, soando todos como um grande instrumento que mantém a essência da originalidade das canções de Luiz Gonzaga,” revela Freire.

Série Domingos Clássicos: Democratizando o Acesso à Música

A apresentação da Orquestra Ouro Preto faz parte da Série Domingos Clássicos, uma iniciativa do Sesc em Minas e do Instituto Ouro Preto, que visa democratizar o acesso à música. Desde 2015, a série tem encantado públicos de todas as idades e classes sociais com sua programação de excelência e versatilidade.

A Versatilidade da Orquestra Ouro Preto

A Orquestra Ouro Preto, uma das mais prestigiadas formações orquestrais do Brasil, sob a regência de Rodrigo Toffolo, tem se destacado nacional e internacionalmente. Seu trabalho ousado e plural recebe reconhecimento e aplausos calorosos por onde passa. Além de suas performances, a orquestra está envolvida em projetos educacionais e sociais que contribuem para a promoção da música orquestral no país.

Não perca a oportunidade de vivenciar essa homenagem única a Luiz Gonzaga no dia 10 de setembro de 2023, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. Os ingressos estão disponíveis no Sympla e na bilheteria do teatro. Uma experiência musical que celebra a riqueza cultural do Brasil e a genialidade de Luiz Gonzaga.

marramaqueadmin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *