Iguatemi São Paulo: Apoiando Julio Villani em Duas Exposições que Celebram a Poesia nas Pequenas Coisas

Iguatemi São Paulo: Apoiando Julio Villani em Duas Exposições que Celebram a Poesia nas Pequenas Coisas

O Iguatemi São Paulo, um entusiasta notório da arte e da cultura, está orgulhosamente apoiando o renomado artista paulista, Júlio Villani. Desde os anos 1980, Júlio tem sido uma figura que transcende fronteiras, navegando entre São Paulo e Paris. Agora, ele se prepara para lançar dois projetos cativantes que prometem explorar a essência poética das coisas simples em dois icônicos patrimônios históricos de São Paulo. É uma oportunidade única para os apreciadores de arte mergulharem nas diversas facetas deste talentoso artista e em seu universo artístico.

Museu de Tudo na Casa de Vidro

De 2 de setembro a 4 de novembro, a Casa de Vidro de Pietro e Lina Bo Bardi se transformará no palco da exposição “Museu de Tudo”. O título, inspirado em João Cabral de Mello Neto, harmoniza perfeitamente as obras da série “almost ready made” de Villani com o universo conceitual de Lina Bo Bardi, uma visionária que soube transformar o cotidiano em arte. Esculturas criadas por Villani a partir de objetos comuns reaproveitados dialogam de forma cativante com os utensílios domésticos e o ambiente peculiar da coleção de Lina Bo Bardi. Essa exposição despojada e lúdica cruza códigos culturais, unindo elementos e materiais de diferentes origens para criar um mosaico de referências.

Mateus Nunes, o curador da mostra na Casa de Vidro, descreve a experiência de entrar na exposição como uma jornada por um mundo onde pássaros têm corpo de escumadeira, serpentes se assemelham a trenas dobráveis e tamanduás incorporam troncos de torradores de café. Essas criações, feitas a partir de objetos cotidianos com sutis modificações de função, refletem a abordagem “quase ready-made” de Villani. Suas intervenções são leves, mas impactantes, transformando objetos triviais em companheiros cativantes e, ao contrário de muitas representações contemporâneas de animais na arte, os de Villani mantêm sua singularidade e charme.

Renato Anelli, curador da Casa de Vidro, observa que o convite a Júlio Villani buscou estabelecer uma ligação entre a obra do artista e a de Lina Bo Bardi. Ambos criam personagens a partir de ferramentas e objetos de trabalho diversos, encontrando poesia nas coisas comuns. Essa exposição também busca expandir seu alcance ao incluir a Capela do Morumbi, parte do Museu da Cidade de São Paulo. Além disso, Villani incorporou costureiras altamente qualificadas de Paraisópolis em seu projeto, fortalecendo laços com a comunidade local e promovendo a integração cultural.

Paraíso (aqui se borda aqui se paga) na Capela do Morumbi

A partir de 14 de outubro, a Capela do Morumbi será palco de uma instalação têxtil monumental chamada “Paraíso (aqui se borda aqui se paga)”. Essa obra, com curadoria de Roberta Saraiva, apresenta um céu invertido feito de pedras, folhas e lagartos, permeado pela poesia de Manoel de Barros. Essa criação convida os espectadores a olharem para cima e colher versos do poeta, cujos olhos sempre estiveram fixados no chão.

Essa impressionante obra foi produzida por costureiras de Paraisópolis em colaboração com o projeto social “Costurando Sonhos”, que capacita e empodera mulheres da comunidade por meio da costura. A interação entre a Capela do Morumbi, o Instituto Bardi e a comunidade de Paraisópolis promete ter um impacto significativo na região, fortalecendo os laços culturais e sociais.

Esses dois projetos marcam o início de uma parceria importante entre a Capela do Morumbi, o Instituto Bardi e o G10 de Paraisópolis. Eles também oferecem um programa educativo abrangente, atendendo a públicos de todas as idades e interesses em ambas as instituições.

Julio Villani e Sua Visão Única

Julio Villani descreve seus projetos como a celebração de “soberbas coisas ínfimas”. Essa abordagem nasceu de seu convite para participar da exposição “O museu de dona Lina” em 2022, que destacou o olhar peculiar de Lina Bo Bardi sobre o mundo ao seu redor. Para Villani, assim como para Lina, não há “impurezas” no inventário do mundo, e tudo tem potencial para conter poesia.

Em suas palavras, “paraíso (ou inferno) é aqui e agora: na terra sobre a qual pisamos, e tal como a criamos.” Seus projetos buscam inverter nossa percepção e nos fazer olhar para as coisas comuns de uma maneira extraordinária.

Serviços e Informações

  • Museu de Tudo, Julio Villani
    • Local: Casa de Vidro
    • Data: De 2 de setembro a 4 de novembro de 2023
    • Horários: Quinta a sábado, 10h, 11h30, 14h e 15h30
    • Endereço: Rua General Almério de Moura, 200 – Morumbi, São Paulo
  • Paraíso (aqui se borda, aqui se paga), Julio Villani
    • Local: Capela do Morumbi
    • Data: De 14 de outubro de 2023 a 3 de março de 2024
    • Horários: Terça a domingo, 9h às 17h
    • Endereço: Avenida Morumbi, 5387 – Morumbi, São Paulo

Ambas as exposições contam com o patrocínio do Banco Bradesco e o apoio do Grupo Iguatemi, fortalecendo ainda mais a parceria entre o mundo da arte e o universo corporativo.

O Iguatemi São Paulo, como pioneiro no cenário de shoppings no Brasil, continua a desempenhar um papel fundamental na promoção da cultura e das artes, oferecendo experiências únicas para sua comunidade.

Não perca a oportunidade de explorar essas exposições incríveis e mergulhar na poesia das coisas simples com Júlio Villani e Lina Bo Bardi.

Sobre o Iguatemi São Paulo

Há mais de 50 anos, o Iguatemi São Paulo tem desempenhado um papel essencial na vida cultural e comercial da cidade. Como o primeiro shopping center da América Latina, o Iguatemi construiu uma história de inovação e excelência, proporcionando experiências únicas aos clientes e apoiando ativamente a cena cultural e artística de São Paulo. Com mais de 283 operações, incluindo marcas nacionais e internacionais, o shopping continua a ser um destino de moda, gastronomia e entretenimento de destaque em São Paulo.

Para mais informações e agendamento de visitas, entre em contato com as instituições envolvidas nas exposições.

marramaqueadmin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *