×

<strong>AFROFUTURISMO E PROTAGONISMO NEGRO NAS TELAS DO FESTIVAL DO RIO</strong>

AFROFUTURISMO E PROTAGONISMO NEGRO NAS TELAS DO FESTIVAL DO RIO

Cineasta estreia filme no Festival do Rio neste fim de semana.  O documentário foi selecionado para o Première Brasil, mostra principal do evento.

O filme “Caminhos Afrodiaspóricos pelo Recôncavo da Guanabara”, do roteirista e diretor carioca Wagner Novais, estreia na próxima sexta-feira (07/10), no maior festival de cinema da América Latina, o Festival do Rio, e está concorrendo ao troféu redentor na categoria Curta, do Première Brasil. A 24ª edição do evento, considerado uma das principais mostras de cinema e uma das maiores vitrines brasileiras, acontece entre os dias 6 e 16 de outubro.

“A obra narra a história de uma jovem viajante do tempo que reúne dados para a criação de uma mitologia afrodiaspórica, uma produção afrofuturista que busca recriar o passado, transformar o presente e projetar o futuro do ponto de vista negro.”  explica o diretor. 

O filme também é um ensaio sobre o que é narrativa e conta com a participação de personagens importantes do movimento negro: Renato Noguera (escritor e filósofo), Mãe Celina de Xangô (Yalorixá e Presidente do Centro Cultural Pequena África), Monica Lima (Professora de História da África da UFRJ),  Helena Theodoro (filósofa e pós-doutora em história comparada)  e Dandara Suburbana (ativista e historiadora).

A primeira exibição será dia 7 de outubro, às 20h45, no Estação Gávea, dentro do Shopping da Gávea. Uma segunda sessão também está na agenda e será no Estação Net Rio, no sábado, dia 08, às 19h, em Botafogo. A Première Brasil também realiza sessões e debates presenciais com as equipes dos filmes e oferece ao público o privilégio do voto popular para escolha de melhor filme de ficção, melhor documentário e melhor curta.  A exibição do filme “Caminhos Afrodiaspóricos pelo Recôncavo da Guanabara” antecede o longa Três Tigres Tristes, de Gustavo Vinagre.

Entre longas e curtas, serão mais de 70 produções brasileiras exibidas no Première Brasil. As metragens são divididas em mostras competitivas com a Competição Oficial e a Competição Novos Rumos, e as mostras especiais: Hors Concours, Retratos e O Estado das Coisas.

É através do voto popular a escolha do melhor filme de ficção, o melhor documentário e o melhor curta. O festival será exibido em diversas salas de cinema da capital fluminense e seu principal objetivo é tornar os filmes mais acessíveis e conhecidos pelo público brasileiro.

________________________________________

Serviço: Lançamento do  Filme “Caminhos Afro Diaspóricos pelo Recôncavo da Guanabara”

Classificação: Livre

Gênero: Documentário

Tempo: 20 minutos

Assessoria de imprensa: Juliana Portella <julianaportellas@gmail.com>

(21) 98200-9208 | IROKO Produções e assessoria 

Mais informações e link para venda de ingressos: https://www.festivaldorio.com.br/br/filmes/caminhos-afrodiasporicos-pelo-reconcavo-da-guanabara#prettyPhoto

Publicar comentário